13.3.11

quando a gente ama, a gente cuida

Sabes o que é? Eu sei que és capaz de dar tudo por mim, como tens vindo a dar aos poucos e sei que me amas loucamente, mas sabes? Eu amo-te tanto, mas tanto. Acho que por vezes até eu perco a noção do quanto é, por ser mesmo muito e sei que às vezes não o demonstro das melhores maneiras, mas a verdade é esta.
Sei que vais cuidar sempre de mim, tal e qual como ontem: quando tiraste o casaco e me cobriste, porque eu estava a tremer por todos os lados, aproveitando para me abraçar com uma força ainda maior, do que no resto dos dias... e quando me agarras dessa maneira, sinto ainda mais o quanto és meu. Deitar-me no teu peito e beijar o teu queixo, faz de mim a mulher mais feliz do mundo e são pequenas coisas como estas, que ao longo do tempo, fazem com que o meu amor por ti aumente, dia após dia. Tornei-me num mero ser derrotado pelo teu amor. Amo-te, sempre, a ti, só.
Quando a gente ama, a gente cuida, eu vou cuidar sempre de ti, sempre e como já te disse anteriormente: Prefiro que me magoem a mim, do que a ti, porque a dor de te magoarem é tanta, que me dói ainda mais.

14 comentários:

Sinceridade é o único requisito