É de amor que falo

Junto a ti descobri lugares dentro de mim que não sabia existirem. Ponho-me nas pontas dos pés para ser capaz de os conseguir ver a todos- e digo-te, são tão bonitos. És o meu amor perfeito, que me fez capaz de abrir todas as portas que abrem caminho para esses lugares incríveis, repletos de coisas que eu adoro: campos de girassóis, mesas pequeninas com bules de chá, estantes repletas de globos de neve, e tu.
Junto a ti descobri o quanto a vida tem para oferecer, e o quão maravilhosa pode ser, mesmo quando os dias mais cinzentos dão a cara. Fizeste-me ser capaz de conseguir ver o sol brilhar, quanto mais não seja ser capaz de o imaginar a brilhar.
Fecho os olhos e consigo ver-te em cada recanto de mim, tu tens a capacidade de ocupar todo o meu ser, com todas essas borboletas que me fazes sentir- acreditem, são reais- e com todos os tremeliques que fazem dançar o meu corpo nervoso e palpitar o meu coração apaixonado.
É de amor que falo, e de todas as coisas que com ele vêm. Todas as memórias que vamos coleccionando, todos os mapas de hipóteses infinitas que podemos desenhar, todos os sonhos que nos sentimos capazes de realizar- somos os Reis do mundo, um do outro- todos os sentimentos- e olhem que são muitos- que sentimos em cada pedaço de nós.
É de amor que falo.
Share:

12 comentários:

  1. Que texto maravilhoso. O amor é tudo isso e mais alguma coisa.
    Que continues assim, feliz.

    ResponderEliminar
  2. Sem dúvida que é de amor! =)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  3. Que o amor esteja sempre junto a ti...

    ResponderEliminar
  4. Lindo texto, revela um amor cheio de magia. :) Bom fim de semana

    ResponderEliminar
  5. Nice post!
    I'm a new follower of your blog, if you want to follow mine on my blog ...
    https://amoriemeraviglie.blogspot.it/

    ResponderEliminar
  6. Lindo! Quando é amor verdadeiro é outra coisa.
    Beijos,
    Monólogo de Julieta

    ResponderEliminar

Sinceridade é o único requisito