27.10.10

11.10.2010 - “do odio ao amor é um passo”

Escrito pela melhor amiga :3  (este post já vem atrasado)

E foi mesmo isso. Já passámos tanto que é praticamente impossível transcrever. Somos um. És o meu reflexo. É como se dividíssemos o mesmo coração. Quando soltas o sorriso, soltas também o meu e, quando por algum ...motivo te molham os olhos, vejo-me obrigada a molhar os meus. Arrancas a mais profunda gargalhada que tenho em mim.
És jovem, ainda tens muitas coisas para ver, muitos momentos para viver. Algumas más experiências a ter, mas hás-de sobreviver. Hás-de percorrer o mundo sem cair. Vais-te tornar numa mulher, numa grande mulher. Vais perder algumas batalhas, vais ficar despedaçada e na lama muitas vezes, mas também vais ganhar as tuas. Ganharás com garra, e eu, eu a ver estarei e que orgulho sentirei. És a minha menina, e apesar de seres mais velha, eu tomo igualmente conta de ti. Mato por ti, miúda, mato por ti. Eu conheço-te melhor que ninguém. Sei quando as tuas mãos suadas, tremem; Sei quando os olhos cansados se fecham de tristeza; quando tentas secar o rosto molhado pela dor ou quando sentes o néctar da felicidade correr-te nas veias. Sei o tamanho da tua alma e a medida certa do teu coração. Sei quando tentas ter sucesso e quando precisas de falhar. Sei-te como as mães sabem os filhos. Não devo ficar do teu lado uma vida inteira. Mas quero que sorrias sempre para ela, mesmo que esta não sorria para ti; quero que nunca desistas de nada. Mas enquanto aqui estiver, prometo juntar cada pedaço sem sucesso algum da tua vida, e metê-los numa caixa. Arranjar um embrulho bem engraçado, para que depois te possas rir deles. Quero marcar a tua vida. Quero que penses no meu nome quando estiveres grávida e que sorrias.
Quero também que sintas superior. Ninguém é mais que ninguém, é certo. Mas (infelizmente) também ninguém pensa assim. E se queremos sobreviver neste mundo de miseráveis, temos de jogar o jogo deles. Assim, quero que calques todos que te calcarem. Quero que lhes faças primeiro o que eles têm planeado fazer-te. Tens de ser esperta e mais rápida que eles. Tens mais valor que todos juntos, nunca te esqueças.
Já lá vão 17 anos, e que tenho eu para te oferecer? Nada. Já tens tudo de mim. Tento-te dizer assim, mais do que podem dizer-te nos olhos, mais do que vale alugar daqueles aviões com publicidade na praia, eu amo-te. E aconteça o que acontecer, estas palavras já ninguém te tira. És a minha melhor amiga, és a minha vida e, burros são aqueles que deixaram escapar.
Parabéns, Lúcia.

3 comentários:

  1. está lindo.
    "Eu é que tinha de te pedir desculpa Francisca; mudei sem saber porquê, mudamos uma com a outra;
    Não te culpo e adorava que não me culpasses (e sei que não o fazes, nem nunca o fizeste, és boa pessoa, para fazeres tal coisa); Eu amo-te desde o primeiro momento, desde a primeira palavra trocada no meu oitavo ano, tudo por causa de um rapaz de quem eu gostava; Sempre soubeste destas coisas, destes amores, destes desamores, dos encontros e desencontros e sem me conheceres naquele momento em que falaste comigo, tornamo-nos amigas.
    Amigas, que não se separavam por nada, passavas na escola cumprimentavas trocavamos meia dúzia de palavras, mas muito boas, eu AMO-TE sabes? AMO-TE e já fez quatro anos. nunca te troquei, serás sempre das melhores, serás sempre a minha anja, a minha menina importante e quero que percebas isso e perdoes todos os erros cometidos, todas as injustiças, sorri e sê feliz, que é o que de melhor sabes fazer.
    Ps: Amo o bolo de chocolate e as areias da tua mãe (a) Amo-te a ti!"
    lembraste disto?
    diz-me onde está a pessoa que o escreveu, já não a encontrei, e ela não esteve lá, quando mais precisei!

    ResponderEliminar
  2. pois e eu gostava de a encontrar, não só por mim, mas principalmente por ela, que se transformou, sem se dar conta!

    ResponderEliminar
  3. é verdade
    a linha k separa o amor do ódio é mt ténue

    ResponderEliminar

Sinceridade é o único requisito