17.2.11

A menina das pontinhas

Todos os dias, quando saia da primária ia a correr para ver a menina das pontinhas. Observava-a do vidro da janela gigante da escola de ballet ao fundo da da rua.
Quando ela começava a dançar toda a gente ficava maravilhada, era a melhor da turma. Era alta, esbelta, e tentava fazer tudo muito perfeito. A professora achava que ela tinha nascido a bailar dentro da barriga da mãe. Chamava-lhe de bailarina e ela sorria, agradecendo. Eu tentava não perder uma única aula, adorava vê-la dançar, sentia como se fosse eu. Haviam umas duas raparigas que a detestavam, porque como em tudo à rivais, mas a menina não se importava. Tentava não arranjar problemas, porque estava lá sozinha. Estava lá à pouco tempo e como se dedicava muito ao bailado, não tinha tempo para fazer amizades, ou criar grupos. Quando acabava a lição toda a gente ficava lá mais um pouco, mas ela não, ela ia embora. Nunca ninguém percebia o porquê. Ela devia se dedicar, já que gosta tanto do que faz e já que tem tanto jeito.
Uma vez decidi segui-la. Vi-a sentar-se num banco do parque ao lado de uma mulher de cadeira de rodas e escondi-me atrás de uma árvore para ouvir a conversa e apercebi-me que era a irmã dela, que já tinha dançado ballet e pelo que percebi tinha imenso jeito, mas uma brincadeira de carro com uns amigos, estragou-lhe os sonhos e a menina das pontinhas, tentava realizá-los por ela.
Será que a menina das pontinhas desistiu dos seus próprios sonhos, para viver os da irmã? Não sei, nunca cheguei a descobrir, pois houve um dia em que a menina das pontinhas deixou de ir ao ballet, saiu da cidade e nunca mais ninguém soube nada dela.
 Às vezes ainda penso na menina das pontinhas, porque sempre sonhei ser como ela e ainda vou à escola de ballet ao fundo da rua, não tanto como gostaria, na esperança de a reencontrar um dia.

16 comentários:

  1. era uma coisa que gostava de saber era ballet

    ResponderEliminar
  2. a serio ? o:
    ha duas raparigas que me parecem seres tu, uma delas, deves ser mesmo o:

    ResponderEliminar
  3. Adoroooo :))

    Faço ballet e as pontas são lindas, mas custa um pouco. Vale a pena.

    Vou seguir-te linda. Amei!


    Beijinhooos*

    ResponderEliminar
  4. fiquei de boca aberta a ler este texto.
    gostei muito, tens geito <3
    beijinhos (:

    ResponderEliminar

Sinceridade é o único requisito