4.8.11

No sense

Vi um avião. Os caracóis e as tartarugas devem ser da mesma família, são lentos e têm carapaça e a única diferença é o padrão. É de madrugada. Não consigo dormir. Mato-me é com aqueles testes estúpidos da MTV:  amor- quarto- destino...???? Provavelmente estou sonâmbula, não vejo bem. A minha avó chama-se mimosa, como o leite e os iogurtes e tudo isto porque nasceu amarela. Posso ter filhos gémeos, o que me assusta um bocado. Chamo-me Lúcia, como a pastora que viu nossa senhora. Não gosto do papa. Quero um peixe dentro dum aquário, chamado mercúrio como aquela gótica ou emo (?) da investigação criminal deu a ideia. Não sei do meu gato. Em vez de um anjo da guarda, tenho uma anja. Tenho um namorado, que é um sonho real. E a minha melhor amiga é Pereira e come sandes de leitão nas festas de família da parte do pai. A minha prima, tem uma irmã e eu tenho um irmão. De facto, tenho primos aos montes. Quero acabar a escola o quanto antes, para trabalhar e tirar a carta. A vida não tá fácil. Lá se vai o tempo das vacas gordas. Provavelmente irei rir-me disto quando vier cá de novo. Se calhar estou a dar demasiada informação. Acho que sou um pouco parecida com os meus pais, mas o meu nariz empinadinho é com certeza da dona Mimosa. Adoro o meu cabelo. Estou cansada de escrever e já não posso com os meus olhos. Quero um verniz fluorescente, para as minha unhas invisíveis. Quero dormiiiiiiiir, vou ver se já consigo. Até amanhã e passem bem!

4 comentários:

Sinceridade é o único requisito