10.9.11

Amo-te de um amor louco, que só nós sabemos

Sabes o que é amar-te do fundo do meu coração e todo ele te pertencer a ti? É assim que te amo.
A medida do amor, é amar sem medida. Amar sem porquês, nem ondes, nem quandos, é simplesmente amar. Sem explicações, sem comos, sem horas, nem dias. É amar com medos, com certezas, com verdades, com respeito, com amor. É entregar-mo-nos sem pedir nada em troca. É dar, sem se sentir obrigado a receber. É  fazer do outro nós mesmos, amar acima de tudo. É querer a felicidade do outro , mais do que a nossa. É cuidar do outro com toda a dedicação e carinho do mundo. Amar é a doçura mais doce que o açúcar. Amar são as borboletas que sentimos no estômago, o frio na barriga, o tremelico nas pernas, o nervosismo, fazer de todos os dias uma primeira vez. Amar é simples, e também é simples arrancares-me todos os sorrisos que me arrancas.
Desde que começámos, foi o primeiro dia do resto das nossas vidas e será sempre assim.
Amo-te de um amor louco, que só nós sabemos.

14 comentários:

Sinceridade é o único requisito