4.12.11

Dar graças

O amor uniu-nos.
Temos que dar graças à imensidão de coisas com que ele nos contempla todos os dias, desde o momento que se abre a persiana, ao momento que se a fecha. Dar graças à quantidade de emoções que nos batem à porta: alegria, afecto, paixão, felicidade, cumplicidade, respeito, tudo mais. Dar graças por um simples toque que consegue transmitir tudo. Dar graças pela maneira como os nossos corpos se encaixam, como os nossos olhares se encontram. Dar graças por nos termos. Mas dar graças a nós, só a nós. Já disse antes.. não é sorte, é mérito nosso, uma construção de uma vida a dois mútua.

5 comentários:

Sinceridade é o único requisito