1.4.12

Hoje tirei-a, queria-te ver

A partir daqui é contigo. Vou deixar os teus olhos castanhos ficarem húmidos e salgados sozinhos. A partir daqui nada mais posso fazer. Desististe de todas as vidas que tinhas, em troca de uma felicidade limitada.
Via-te de um prisma mais elevado do que tu própria te vias. Pobre espírito o teu, sempre tão auto-subestimado. Tu não tens noção das belas coisas que eras capaz de fazer aos outros, a esperança que o teu sorriso trazia, a felicidade que escondias por trás dos teus olhos enevoados, o mundo que te cabia nas mãos.
Mudaste. Mudaste, é um facto que eu tenho de assumir perante mim. Um facto que eu sussurro, porque eu não quero crer.
Sinto a tua falta, juro que sinto, mas repito que nada mais posso fazer. As hipóteses foram-te impostas a ti. Foi um pedido tão cruel e tão sem amor. Sim, sem amor. Quem te pede isso, não te ama. Poupa-me tamanhas falsidades. E a escolha que sem coragem não me soubeste dizer, também é sem amor e revejo todos estes anos e sabes a que conclusão chego? Que todas a vezes em que eu te passei a mão no rosto para te limpar as lágrimas, de nada serviram. É uma dor que eu tenho vindo a arrastar dentro de mim, porque eu coloquei uma venda sobre os meus olhos. Mas hoje tirei-a, queria-te ver, mas mais uma vez não me foi possível. Negares-me a tua presença na minha vida, é o mesmo que negares comida a quem tem fome.
Espero que cresças um bocadinho mais, quando perceberes que as tuas escolhas foram as erradas. As pessoas têm que saber separar as coisas e parece que aí do teu lado não o sabem fazer. As minhas palavras estão gastas, já nada mais tenho a dizer.
Talvez esteja errada, e esteja a ser injusta e má nas palavras, mas isso nunca me permitiste saber. Bolas, agora estou desfeita em lágrimas. 

35 comentários:

  1. mas olha que tu também és um pouco teimosa o:

    ResponderEliminar
  2. eu também , os meus textos são ou sobre o amor, ou sobre alguma coisa que me ande a atormentar o:

    ResponderEliminar
  3. mas pelo menos sem com mais sentimento , são mais bonitos de se ler

    ResponderEliminar
  4. O que é que se passa, doce?
    Gostaste do texto, foi?

    ResponderEliminar
  5. primieor adoro o nome do teu blog, é lindo, não sei se conheces um rapaz chamado Bruno Vieira, é um participante dos ídolos e cantou uma música maravilhosa dos azeitona, se nunca viste aconselho é liinda! e queria também dizer que é lindo o teu blog e tens um jeito imenso! sigo ♡

    ResponderEliminar
  6. Junta-te a mim então!
    Mas o "O que se passa, doce?" era sobre o texto :/

    ResponderEliminar
  7. Oh então desculpa, parece que tens melhor gosto musical que eu, eu adoro a musica e sinceramente só a fiquei a conhecer quando ouvi, e gostei logo de imediato, sim parece que anda muito popular (:
    és uma querida, e muito mais linda sem dúvida ♡

    ResponderEliminar
  8. Oh princesa :s queres aprofundar?

    ResponderEliminar
  9. és tão simpática e escreves tão bem

    ResponderEliminar
  10. *-* meu deus está tão lindo, tão bem escrito, amei :3
    Sigo sigo e sigo :3

    ResponderEliminar
  11. Oh doce mas porque é que ela mudou? :s

    ResponderEliminar
  12. Oh, não vale a pena agradecer princ

    ResponderEliminar
  13. oh, muitíssimo obrigada, minha linda <3

    ResponderEliminar
  14. até tem sitios bonitos :)
    mas eu como morei sempre aqui, já ando farta :s

    ResponderEliminar
  15. gostei do "anda comigo ver os aviões" é um bom titulo.

    ResponderEliminar
  16. nota-se pela quantidade de post (:
    escreves mesmo super bem fofinha.

    ResponderEliminar
  17. sim, mas admito que logo que ouvi aqela música cantada por aquele rapaz fui a correr procurar mais músicas da mesma banda e deliciei-me completamente por eles (: também sei que tem havido muita polémica, mas se o rapaz a cantou é porque gostava muito dela, penso eu ♡♡

    ResponderEliminar

Sinceridade é o único requisito