15.8.12

Passeio pelo início

Como o tempo passa a correr passarinho. Lembro-me ao pormenor como começou, como se tivesse sido ontem: Fazia frio, chovia e fazia frio. Lembro-me que eu usava a minha camisola de lã rosa, e tu uma camisa. Tremia, tremia e ficava em silêncio como se as minhas palavras tivessem voado. Não te olhava, se te olhasse nos olhos acabaria por confirmar o que eu já sabia: estava apaixonada. E tu tentavas quebrar todo aquele gelo e desconforto causado pelos nossos novos coraçõezinhos, agora amarrados por uns cordelinhos. E aconteceu, o tão esperado beijo, o que selaria o nosso compromisso aconteceu e desde aí tudo na nossa vida mudou.
Passamos a ser um para o outro, passamos a ser um do outro, passamos a ser o outro, passamos a ser um só. Já não tremia, nem ficava em silêncio, já não havia desconforto e tudo o que eu mais fazia era olhar-te nos olhos.
Os encontros tornaram-se uma constante, criaram-se confidências, iniciou-se uma cumplicidade, nasceu o amor. Agora somos nós, amados um pelo outro.

3 comentários:

  1. adorei, parabéns pelo seu blog, e por sua dedicação.
    Aguardo a sua visitinha, e fica ligada nos sorteios,
    tenho certeza que tu irás gostar dos produtos *---*
    beijos, http://larissacanziani.blogspot.com.br

    ResponderEliminar
  2. eu estou aqui para te ouvir porque guardas tudo para ti amor? :S

    ResponderEliminar

Sinceridade é o único requisito