29.11.12

Hipoteca

Tudo isto me custa. Tudo isto nos custa como nos custam os sonhos hipotecados. Todas aquelas convicções que nos tiraram.
Dói como nunca doeu. Olho para esta água que me escorre pela cara, estou nua, sinto-me nua.
Sobram-me restos de nada de uma vida planeada. É por saudades que o meu coração chora. É por sentir cada vez mais que a dor aperta este meu coração sem chão. A tristeza vem de mansinho, segura o meu corpo, pisa-me e vai-se embora. Dói-me a alma, sítios que não deveriam sequer existir.

9 comentários:

  1. Cuida bem de ti, que essa alma não te doa mais. ♥

    ResponderEliminar
  2. Tudo na vida passa. Como diz a Margarida Rebelo pinto ''No Fim tudo acaba bem, se não acabar bem então não é o fim''. :)

    ResponderEliminar
  3. FORÇA!!!!!!

    Tenho sorteio de maquilhagem da Estée Lauder no blog!

    http://www.facebook.com/estilohedonico
    http://estilohedonico.blogspot.pt/

    xoxo

    ResponderEliminar
  4. Escreves tão bem! Vou-te seguir. Adorei o teu blog. As tuas palavras soam tão bem. :) Espero que essa dor já tenha passado.

    beijinho*

    ResponderEliminar

Sinceridade é o único requisito