19.1.13

sempre amor

É tudo amor, é sempre amor. As gargalhadas não só são amor, como sabem a tal. Os dedos que percorrem o corpo cheio de tesão, tem um toque de amor. Os olhos que se olham em perfeita sintonia, vêm amor. Os lábios que se tocam e beijam, têm sabor a amor. As mãos que se tocam e encaixam, têm amor. Tudo em ti, em mim, em nós respira, transpira, vive amor. É tudo amor, é sempre amor.

8 comentários:

Sinceridade é o único requisito