27.3.13

Primavera

O amor floresceu, e era quase primavera. 
 Fazia frio, e eu andava descalça pela casa fora,
o meu cabelo estava preso por uma fita,
e eu tinha um livro na mão.
Era primavera e fazia frio,
eu sentei-me no chão encostada à cama, e sorri.
Era primavera e o sol já queria ser protagonista dos dias,
e eu via reflectido nos meus olhos o meu amor por ti. 

1 comentário:

Sinceridade é o único requisito