25.4.13

Um só ser

Não é só pelo óbvio... Por seres lindo, sensato, apaixonado. Por seres divertido, alegre, saberes falar. Eu Amo-te nas situações complicadas, quando estás em baixo e te tornas difícil. Eu Amo-te quando te tenho de por para cima. Amo-te pelo que me fazes ser, pelo que me fazes sentir. Amo-te por fazeres sobressair o melhor de mim. Porque me acompanhas em cada pedacinho de tempo, e me fazes ter força para continuar todos os dias. Amo-te pelo sorriso que me dás, pelo ombro que dispões, pelas palavras que me fazem voar. Amo-te sem limites, na íntegra. Com todo o meu ser, alma, coração. Amo-te por tudo o que me ensinaste, por tudo o que me ensinas. Amo-te pelo que és nos bons e nos maus momentos. Amo-te, Amo-te, Amo-te. Porque nós somos mesmo feitos um para o outro. Somos feitos do amor intenso, verdadeiro, absoluto. Daquele gosto de receber, mas que prefere dar. Eu sinto-te, nem preciso de te olhar, eu sinto-te infindavelmente. E eu farei sempre tudo para te ver sorrir, porque o que somos nós? Um só ser, inteiro e único. E eu Amo-te, e não é só pelo óbvio.

4 comentários:

Sinceridade é o único requisito