10.6.13

Infindável

E é o dizer até já, contemplando-te com o olhar. Beijar-te e desejar mais, mas saber esperar até te ver de novo. Contar as horas que faltam para te tocar vezes sem conta. Dar-te as mãos e passear junto do mar, ter conversas sérias horas a fio. Conversas sobre a vida, sobre nós, sobre o futuro juntos. Amar-te, infindável e apaixonadamente. Deitar-me sobre o teu peito, e saber que o coração que aí bate me pertence, faz o meu acelerar loucamente. 

5 comentários:

Sinceridade é o único requisito