19.11.13

Simbiose

É o desassossego do coração que bate. O calor das mãos que juntas caminham, os corpos suados que se tornam num só. São os nossos olhos que tantas vezes se encontraram, se encontram e se encontrarão neste banco de jardim às seis da tarde. São as promessas escritas num papel que ganham vida, é o aroma das flores que a toda a hora nascem nestes caminhos que juntos precorremos. É o amor, és tu, somos nós. E toda esta simbiose, é o âmago da minha vida.

7 comentários:

  1. bonito!

    Visita também o meu blog: santiroyalhome.blogspot.com

    Santi

    ResponderEliminar
  2. amor, amor, e amor, para que dizer mais: lindo *.*

    ResponderEliminar
  3. É pena que nem todos saibam ou compreendam que a beleza está dentro e nunca fora. Mas, por um lado ainda bem, se não nunca haveriam excepções :)

    ResponderEliminar
  4. São declarações grafadas na pele...

    Beijinho Lu

    ResponderEliminar

Sinceridade é o único requisito