8.4.14

Metáforas

 
O tempo é feito daquela flor que me deste e que coloco atrás da orelha. Depois de ler os meus muitos romances deixo-a a marcar as páginas dos que ainda não acabei.
Descrevo com precisão dia em que me a deste, depois de cada beijo trocado dado em cada despedida. Deito-me na cama, visto a tua camisola e sinto o teu cheiro, vejo com precisão a média luz, o teu ser a dançar pelos meus olhos.
Deste-me os teus sonhos, partilhaste-os comigo, para que eu os semeasse e colhesse com tal amor. Sigo assim os teus batimentos e o teu respirar.
As minhas pernas tremem por te ver de longe. E gosto disso, gosto das reações que provocas em mim. Por isso te olho com tanta vontade. E as borboletas no estômago explodem depois de ir cheirar aquela flor que me deste, e que mesmo lendo os meus romance, coloco sempre atrás da orelha.

11 comentários:

  1. Hey
    You have a great blog , would you like to follow each other !
    Keep in touch
    www.beingbeautifulandpretty.com

    ResponderEliminar
  2. Adorei o que escreveste, está tão doce! E obrigada querida, ainda bem que gostaste da iniciativa:)

    ResponderEliminar
  3. Adorei o que escreveste, está tão doce! E obrigada querida, ainda bem que gostaste da iniciativa:)

    ResponderEliminar
  4. Se não formos nós mesmos quem será? :)

    ResponderEliminar
  5. Lindo :)
    Adoro a tua escrita, parabéns :D

    Beijinhos xx

    ResponderEliminar

Sinceridade é o único requisito