13.7.17

Qual é o teu filme de animação favorito?

O meu é o Corcunda de Notre Dame, identifico-me completamente com a história.
Disney sabe ensinar-nos lições através dos seus filmes de uma forma tão única, e este ensina uma lição muito especial para mim. A incompreensão das pessoas face ao que é diferente, fazendo-nos colocar na pele do Quasimodo, e até da própria Esmeralda enquanto cigana, que sofria o preconceito da etnia, diferença essa que os tornou amigos. Quando era criança via o filme quase todos os dias e recentemente revi-o- com o coração cheio de saudade, mais crescida e mais sábia, soube vê-lo com outros olhos.
Estando eu a estudar Educação Social, onde os valores da igualdade, da equidade, se encontram subentendidos, onde a diferença é vista como algo de bom, fazem este filme fazer todo o sentido para mim e torna-o ainda mais especial. A verdade é que não somos todos iguais, e todos temos algo a ensinar e a aprender e essa é a beleza do saber crescer. Assumo como uma missão minha enquanto pessoa, enquanto futura profissional, lutar pelos direitos daqueles que muitas vezes vivem tão oprimidos, que acabam por acreditar no que as pessoas pensam quando olham para eles, que já nem têm força para lutar por eles próprios, lutar para que vejam quem realmente são, e que têm, tal como toda a gente, algo de bom para partilhar.
Eu fui aprendendo, à medida que ia crescendo enquanto pessoa, a acreditar que ser diferente não é algo mau, quem pensa que sim é porque não aceita a sua própria diferença. Eu já senti na pele o que é ser tratada como diferente, e enquanto não me defendi, acreditei que era o que as pessoas pensavam e não o que era na realidade, porque o que somos na realidade é o que interessa, independentemente da ideia que as pessoas tenham de nós. Temos é de saber olhar-nos, aceitar-nos e gostar do que estamos a ver, somos nós próprios, seres únicos e cheios de singularidades.
As pessoas têm medo do que é diferente, e enquanto esse medo não for combatido vão continuar a haver guerras, bullyings, discriminações, exclusões, estereótipos, preconceitos. Não deixem que isto aconteça, lutem pela igualdade, lutem pela justiça. Foi essa luta que fez com que o Quasimodo e a Esmeralda ganhassem a batalha pela diferença.
Nunca se esqueçam "Todos diferentes, todos iguais".

Ps: As publicações semanais de segunda-feira e quinta-feira da próxima semana ficam suspensas, porque estarei ausente.

8 comentários:

  1. Oiee! Adorei a postagem. Me identifico com várias animações!
    Beijos,
    Monólogo de Julieta

    ResponderEliminar
  2. Confesso que não sei qual o meu favorito.

    ResponderEliminar
  3. Não é o meu favorito mas é um filme que adoro!

    ResponderEliminar
  4. Uma bonita escolha! =) Eu não consigo destacar apenas um.. mas adoro o da Mulan, pela diferença e irreverência!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  5. "ser diferente não é algo mau", tão verdade...

    ResponderEliminar
  6. O meu preferido é o 1.º dos Monstros e Companhia. Gostei tanto! :)

    ResponderEliminar

Sinceridade é o único requisito